Roda Viva Veta Perguntas Sobre ‘Negócios Pornográficos de Glenn Greenwald’

O Roda Viva já deu um briefing aos jornalistas da bancada da próxima segunda, avisando que Glenn processará aqueles que ousarem perguntar a ele sobre suas atividades pornográficas no Brasil. Nada de perguntar sobre Stud Mall, Peter Haas ou Hairy Jocks.

Nada de ENZULI, nada de Master Notions Inc.

Este blog enviou a jornalistas de 3 grandes redações, um dossiê com 168 páginas contendo a vida de Glenn Greenwald no Brasil entre 2005 e 2014. Uma redação nos explicou que não poderá perguntar sobre os negócios pornográficos de Greenwald.

A FOLHA aqui, já saiu em defesa do Verdevaldo. Que só fazia filmes light… aham! Lógico. Mas o que te apavora Glenn, é o QG Presidente de Morais. La Cueva, Le Boy… EU SEI TUDO GLENN! Durma com isso;)

Is it light gay sex movies?
Is it light gay sex movies?

O Roda Viva também alertou os jornalistas de que tenham bastante ‘tato’, ao citar Manuela D’Ávila e os rumos da Lava Jato. Perguntas que colocariam Greenwald na parede foram BANIDAS!

Glenn ainda atua no mundo pornô. Não pratica nenhum crime nessa área (talvez), que isso seja esclarecido, mas Glenn se irrita ao ter assuntos relacionados aos seus gostos, suas preferências sexuais.

Não gostou nada que tenhamos encontrado tudo sobre David Miranda, e em como ele mente sobre os fatos e sua relação com Greenwald.

Há fortes indícios de que Greenwald deve. Não temos provas firmes para ir até uma Delegacia e fazer a denúncia, mas não faltam pessoas sendo questionadas. Estranha muito Glenn, como seus ex-atores dão versões tão distintas sobre você.

E aí Roda Vida? Vai aceitar nosso desafio?

Quer saber mais?

/var/mandante.bcg

2 bate-bocas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *