Mandatos comprados, notícias vendidas. Greenwald topa tudo por dinheiro!

Glenn-Greenwald-porn-Business

Anos defendendo nazistas? No problema. Vir ao Brasil recrutar garotos de programa para seus filmes? Problema. Revelar para quem Glenn Greenwald vende informações roubadas por Snowden? Problema. Chamar latinos americanos de idiotas? A gente apaga o post, em seu antigo blog: unclaimed territory.

Enrabando Glenn - Hard Sauna 4 by Stud Mall Videos
Enrabando Glenn – Hard Sauna 4 by Stud Mall Videos

Como podem ver, na visita de Bush ao Brasil e a Argentina em 2005, Greenwald não apenas zomba de ativistas de esquerda, os mesmos que hoje ele defende (uma ova!), e que morrem por ele, caso não fossem tão tapados. O Bernardo Küster é quem melhor tritura Greenwald: ele não tem ideologia que não seja holofote e dinheiro.

No post sobre a visita de Bush, Glenn é triunfante como Priscila, a Rainha do Deserto em cima do ônibus quebrado no meio do nada, falando para ninguém, mas o show deve continuar. Petulante… ‘não foi São Paulo que sofreu o 11 de Setembro, então não cabe ao Brasil nem aos Brasileiros dizerem o que Bush deve fazer.

Mudar o Oriente Médio é urgente e necessário! Segura a cueca de couro aí Verdevaldo, aka DomMascHry31.

Greenwald defendia Bush com unhas e dentes. Militarismo e autoritarismo fascinam Verdevaldo. Mas o sacana, muda o discurso dependendo da sua platéia.

Sacaneou quando era então advogado, tentou lucrar sobre a desgraça dos pais de Benjamin Nathaniel Smith, propondo uma entrevista exclusiva com os pais do assassino, inclusive lhes oferecendo dinheiro por meio de uma Local News, a (WFQX-TV FOX 32) de Chicago.

Nazi Maxi aka Marco Centauro (idos de 2003)
Nazi Maxi aka Marco Centauro (idos de 2003)

 

Roubou seu ex-sócio, Peter Haas, junto com seu amante Jason Buchtel. Então como ser pego de surpresa por algo que esse energúmeno faça?

Fuçar seu passado e descobrir que o passado dele ainda é presente no mundo ponográfico? Problema!

Mas vamos por partes.

Temos o maior respeito por Emílio Surita, mas ele foi corporativista em não deixar Joice Hasselmann revelar no ar para quem Glenn Greenwald vende informações. Com Glenn, nada é materializado; ou você crê na palavra dele, ou ele sapateia na maionese e vai embora.

 

 

Nós falamos, caro Emílio. Glenn vende informações para jornalistas desde 2014. Já vendeu para vários como foi desmascarado por Mark Ames, a quem ele processou e perdeu duas vezes. Já criou guerras partidárias por meio de escutas telefônicas plantadas por Jean Wyllys.

Ah sim, Wyllys estava sendo chantageado por Greenwald não pelo cargo de Deputado que comprou para o maridão; mas pelas maracutaias que Wyllys fez em conversas em seu gabinete, com várias escutas ilegais depois usadas por Greeenwald.

Jean Wyllys confessa chantagem de Verdevaldo
Jean Wyllys confessa chantagem de Verdevaldo

 

Glenn e Jean discordam sobre valores. Foi assim com Peter Haas, e novamente foi assim com uma advogada do Goldman Sachs em 2002.

Glenn recruta cúmplices, pratica crimes e depois some com o dinheiro. Nas picaretagens dele com seus sócios em saunas gays no Rio de Janeiro, também agiu assim diversas vezes.

Criminosos raramente mudam seu modus operandi

No caso que impediu (graças a Deus) o exílio de Edward Snowden no Brasil, ele se ferrou porque executivos da Equinor alertaram Dilma, sem querer.

O caso, envolvia diversas negociatas do Petrolão no Porto de Mariel em Cuba, onde Lula havia roubado talvez a maior quantia de dinheiro possível de uma Estatal Brasileira. Matéria da Isto É de Março deste ano, mergulha mais fundo nessa lama petista.

A traição de Glenn Greenwald a Dilma

Dilma Rousseff estava decidida a dar asilo político a Snowden até ser alertada que Glenn Greenwald e Ed Snowden venderam para petroleiras da Rússia e Noruega, vasto material de interesse da Petrobras.

A ação Greenwald/Snowden não apenas rendeu um prejuízo bilionário a petrolífera brasileira, como favoreceu a russa Gazprom em negócios envolvendo gás natural, etanol e petróleo bruto com a Equinor, estatal norueguesa equivalente a Petrobras.

Prejuízos na casa de 3.5 bilhões. A estatal russa Gazprom chantageou Dilma com material entregue por Greenwald.

Num outro vazamento que favoreceu a PDVSA de Nicolás Maduro, Glenn recebeu valores hoje atualizados em 17 milhões de reais. Como ‘presente extra’, Nicolás Maduro ofereceu todas as garantias para Snowden, que estava decidido a ir para a Venezuela.

Na noite de 4 de Janeiro de 2014, Putin pessoalmente informou Snowden que ele não sairia da Rússia, e que dali em diante seus movimentos seriam vigiados com mais rigor.

Snowden também foi convencido por Glenn Greenwald a não trocar a Rússia pela Venezuela já que o país da América Latina era presa fácil para qualquer infiltrado americano.

Já em meados de 2015, Pierre Omidyar, dono do eBay, nascido na França mas de origem iraniana, garantiu ao governo do Irã que Snowden havia removido todo e qualquer material envolvendo seu país — os EUA não sabem absolutamente nada do que foi coletado pela NSA e interceptado por Snowden antes de chegar ao FBI e a CIA.

Pierre Omidyar paga ao governo russo para manter Snowden em segurança, mas concordou em deixar o Kremlin controlar seu destino

Anatoli Kucherena, hoje ‘assessor’ de Snowden controla os passos do americano que está recluso e assustado em Perm, uma espécie de cidade-tribunal que Putin usa para decidir o que fazer com suspeitos, inimigos e jornalistas russos que denunciam seus crimes.

Joice está correta: Glenn será preso por Moro. Deportação sumária em caso da quase certa reeleição de Trump.

A quem acusa a deputada de ser traíra com Moro ou o Presidente? #sabedenadainocente

Para finalizar, quão humilhante é para a esquerda saber que no fundo, mais raso que fundo: Glenn Greeenwald manipula jornalistas que há 15 anos atrás, ele tirava sarro por achar que os Estados Unidos estavam ligando para a opinião deles?

Não é lenda, não é achismo barato. Atuamos com fotos, documentos, videos e tudo mais que Verdevaldo produz e continua produzindo. Ameaças dele vem aos montes: aguardamos ansiosos o dia do cara a cara.

Já tentamos duas vezes: uma na ENZULI, um flat que David atendia e agora é sede fantasma, outra no próprio condomínio onde Verdevaldo reside no Alto da Boa Vista, Rio de Janeiro.

O intrépido e corajoso Glenn, não abre mão de seus sete ou oito Brutus peludos e musculosos para sua segurança pessoal.

Enfim.

Ok, exigir coerência de alguém com formação marxista e jornaleco de bairro, a decisão de respirar e pensar é meio pesada. Jornalistas esquerdopatas continuarão defendendo o herói Verdevaldo. Também há a conveniência: com Jair Bolsonaro, acabou a mamata.

PS: Guga Noblat, o caso dos 600 milhões é uma promessa de investimento do Verdevaldo a Folha de São Paulo.

Negociações estão em andamento, mas tudo depende de Pierre Omidyar.

Quer saber mais?

/var/mandante.bcg

3 bate-bocas

  1. Mais um site mantido por bots esse Better Call Glenn. Num governo em frangalhos e seus pretensos heróis desmascarados, o desespero é cada dia maior.

Já deu!