Caso Alternative für Deutschland liga Vaza Jato ao PT

Caso Alternative für Deutschland liga Vaza Jato ao PT

Em Janeiro de 2019, um caso exatamente igual a Vaza Jato chacoalhou todos os partidos da Alemanha, exceto um: o neo-nazista (AfD) ou Alternative für Deutschland. Uma conta anônima no Twitter, simulava que o conteúdo hacking; que vazou informações sigilosas de conversas de WhatsApp, Telegram e E-mails, assim como ligações telefônicas, partiam de um IP de Hamuburgo, norte da Alemanha.

Alternative für Deutschland liga Vaza Jato ao PT
Alternative für Deutschland liga Vaza Jato ao PT

 

Com investigações sérias e sigilosas, o governo alemão rapidamente derrubou as contas do Twitter e nenhum órgão de imprensa do país deu IBOPE para a Vaza Jato teutônica – nem mesmo veículos anti-Merkel. Au contraire.

Todos sabiam os motivos: política branda de Merkel para aceitação de imigrantes e refugiados, assim como decisões judiciais que reforçaram as penas para quem comete crimes de racismo e intolerância em toda a Alemanha.

Assim como o fim da farra de servidores da antiga Alemanha Oriental que por três décadas, tinham aposentadorias na casa dos três dígitos em Euros.

Discurso parecido com os canalhas que fingem ser vítimas do Movimento de 1964 no Brasil.

Merkel também lutou para evitar conflitos na Ucrânia como o Euromaidan, o que enfureceu Moscou

A Rússia sabe que manter o domínio, ainda que não tão explícito sobre a Ucrânia, é mais que necessário. De reservas de gás e petróleo, ao desejo dos Ucranianos em se livrar do Kremlim e se unirem cada vez mais a Europa Ocidental e a Bruxelas – Putin, seus aliados e financiadores não medem esforços para manter seus interesses e causar o caos fora de suas fronteiras.

Assim como Lula, vários líderes e financiadores do Alternative für Deutschland, estão na cadeia. Tão cedo não sairão. A saída foi apelar para o braço hacker do anonymousnews.ru – um fórum russo onde grande parte dos criminosos cibernéticos podem ser encontrados – mas sem nenhuma facilidade.

Verdevaldo e Pedrinho sempre presentes
Verdevaldo e Pedrinho sempre presentes

 

O anonymousnews.ru – apoiado por Edward Snowden, Julian Assange, e pasmem… Pierre Omidyar, financiador do The Intercept e sócio de Glenn Greenwald em vários crimes, foram os responsáveis pelo hackeamento de milhares de alemães: da mídia a políticos e celebridades.

Os criminosos do anonymousnews.ru recrutaram milhares de neo-nazistas, todos pagos por Omidyar, para se misturar aos manifestantes do Euromaidan e impedir o que os ucranianos queriam: mais-Europa, zero-Moscou.

Pierre Omidyar paga por metas
Pierre Omidyar paga por metas

 

O jornalista Mark Ames, que há anos cobre como ninguém a política picareta de bilionários comprando ou fundando sites para golpes de toda espécie, conseguiu comprovantes bancários de transferências da Omidyar Network Fund, no valor de mais de 421 mil dólares, apenas para os membros do anonymousnews.ru – os pagamentos foram frequentes e efetuados a medida que os hackers e grupos criminosos iam batendo metas.

Ao todo, Pierre Omidyar doou 21 milhões de euros aos ‘revolucionários’ apenas no ano de 2014

Ainda que haja sérias divergências entre o lado Merkel, e o lado mais conservador da Alemanha; dar audiência para um grupo criminoso, que por meio de crimes exatamente iguais aos da Vaza Jato geram desinformação, insegurança, e promovem um caos político que prejudica a todas as instituições – sorte da Alemanha que por lá não há Folha de São Paulo, VEJA, El País, Reinaldos Azevedo, Miriam Leitoas e Mônicas Bergamo.

A Alemanha sentiu a desgraça do comunismo na carne. Um jornalista da Der Spiegel, e um comentarista político do FAZ (Frankfurter Allgemeine Zeitung), foram demitidos simplesmente por darem alguma trela ao crime dos hackers de Omidyar.

Mais uma vez: conhecemos a moral (ou a falta de) da cria de Octávio Frias de Oliveira. Nojento, simplesmente.

Quer saber mais?

/var/mandante.bcg room16

2 bate-bocas

  1. Por que vocês chamam o Alternativa para a Alemanha de Neo-Nazista?
    Pra um partido que permite gente negra e gays participarem eles são uns neo-nazistas bem ruinzinhos, hein?
    O AfD é daqueles “nazistas” que não querem diversidade forçada, eliminação da cultura local e acham que núcleo familiar é importante.
    Eu recomendaria vocês re-verificarem essa história, mesmo porque PRISÕES NA EUROPA não tem sido um registro de honestidade e justiça nesses últimos anos.

Já deu!